O MEDO


Texto e Locução : Delurdes Moraes

O que me cansa é o tédio,

o não contestar.

o não dizer sim

com totalidade.

O que me cansa é esta paz

gerada no sufocamento ,

conveniência, medo e

omissão.

E antes que o medo me perca e

eu , a coragem de reconhecê-lo em mim,

é bom que eu sinta

o desconforto que ele me causa.

Medo, você me paralisa.

Medo, você me envelhece,

me enche de tédio.

Ah!meu medo, começo a te ver.

Tua vida corre perigo. .

 

Direitos autorais registrados®

Voltar à página inicial

Voltar ao Menu poemas/áudio