Na Palma da Mão a Viagem

Texto e Locução : Delurdes Moraes
 

Vagando nas noites inquietas
percorrem os loucos secretos
caminhos desertos ,
em mentes abertas.
Viagem tranqüila , espera-se.
Mas qual !!!

Os artistas os poetas
e os loucos ,
têm aos poucos
em suas mãos astutas
o desequilíbrio do sôfrego,
suas lutas
não suas queixas.
Estão sempre,viajando,
sempre " a caminho"


Na palma da mão ,
os artistas,os poetas e os loucos,
têm , muito mais do que pedem
e muito menos do que merecem.
vivem ,
não apenas envelhecem.
Sonhemos pois.


Delurdes Moraes