A Viagem

Texto e Locução : Delurdes Moraes



Viver a vida de modo preciso,
contendo a mágoa,burlando o ciúme,
temendo o perigo.

Estar para o amor
totalmente liberto,
generoso , despudorado,
sem as lembranças ou as lições do passado.

Assim ,tomado de paixão

embarcas ,numa viagem
de ignorado destino,
quem sabe se vais na 1ª ou 2ª classe?
ou até como clandestino?
Entrega tua face

como um menino ,
não temas.
No amor, nada se sabe,
ama-se apenas.

Mas ái ái ái , cuidado
porque então ,tudo mudou!
Quanta dor agora ,cabe numa simples dúvida!!!
Num sim ou não
toda a sua vida na palma da mão,
que não é sua.

 

Direitos autorais registrados®

Voltar à página inicial

Voltar ao Menu poemas/áudio